Fazer o mesmo treino todos os dias ajuda a perder peso?

Quando quer perder peso pode cair na tentação de fazer o mesmo treino diariamente que aparentemente esteja a resultar, mas será que é a melhor estratégia?

Na abordagem a este tema, optámos por dividi-lo em dois: fazer o mesmo treino todos os dias e perder peso.

Começando pela perda de peso, presumindo-se que o objetivo principal é a redução da massa gorda, e não do peso na sua globalidade, dir-se-á que a diminuição daquela está ligada a dois pilares básicos: nutrição e exercício físico, sendo preponderante a influência do primeiro dos pilares (deitando por terra o mito de que “quem treina todos os dias pode comer tudo o que lhe apetece”).

nutrição_mesmo treino perder peso

Independentemente do metabolismo de cada pessoa ser mais ou menos acelerado, com ou sem problemas ou disfunções hormonais, qualquer um consegue perder massa gorda, desde que adapte os dois pilares referidos anteriormente. No fundo, a balança entre a ingestão e o gasto calórico deve pender mais para um dos lados, e haver mais gasto calórico do que aquilo que é ingerido. Os profissionais mais qualificados para o ajudar neste aspeto são, inquestionavelmente, os nutricionistas, que vão apurar qual o equilíbrio entre o metabolismo e o exercício, assim como outros fatores que melhor se adaptarão a cada pessoa individualmente considerada. Já no que toca à atividade física, esta deve ser adaptada às condições inerentes ao praticante de exercício, privilegiando, de uma forma geral, os grandes grupos musculares, com alternância de membros superiores e inferiores (caso não tenha problemas de saúde), assim como bons níveis de intensidade. Estes fatores são sempre passíveis de adaptação, não havendo uma única regra ou recomendação. Cada pessoa é “especial”.

Relativamente à repetição do mesmo treino todos os dias, acima de tudo, crucial é que haja, efetivamente, uma prática regular de exercício físico. Costumo dizer que um treino nunca é um mau treino, pois é importante que se treine com regularidade, mesmo nos dias em que há menos tempo na agenda ou motivação para tal.

mesmo treino_ perder peso2

Caso o plano de treino seja elaborado por um profissional da área e adaptado à pessoa em questão e aos objetivos que este pretende atingir, este pode ter boa taxa de sucesso, ainda que realizado repetidamente nas semanas iniciais. Porém, obviamente que se o mesmo plano for prolongado por um longo período temporal, o corpo pode atingir um nível de “platô”, acomodando-se a esta rotina de atividade e deixando de responder de forma positiva.

Resumindo, a partir do momento em que um indivíduo se submete a um programa de exercício, o corpo irá reagir, no entanto, se o plano de treino for repetido durante um certo período, podendo este variar de pessoa para pessoa, o organismo deixa de se sentir motivado, estagnando. A este propósito e a título de curiosidade, mencione-se a teoria do “princípio da sobrecarga”, que determina que um sistema fisiológico que tem adaptações positivas, quando sujeito a estímulos fora da zona de conforto (em janelas de oportunidade especificas), verificará uma evolução – evolução essa que se encontra certamente mais perto das metas e objetivos a alcançar!

André Mota
Master Trainer

Gostou deste artigo? Deixe-nos o seu comentário.

Partilhe com os seus amigos!

Categoria Tags