Medicamentos fora de prazo

Costuma tomar medicamentos fora de prazo?

Para muitas pessoas os medicamentos têm um custo demasiado elevado e por essa razão é natural que algumas se questionem “Será que posso tomar um medicamento fora de prazo?”

Para explicar melhor a relevância desta dúvida, é importante entender como são determinadas a longevidade e a validade dos produtos farmacêuticos.

Todos os medicamentos têm formulações únicas consistindo em ingredientes ativos e inativos projetados para tratar doenças específicas.

Assim que um medicamento é desenvolvido, os fabricantes determinam o período de tempo que esse medicamento vai durar sem deterioração. A data de expiração é a data em que o fabricante ainda pode garantir a plena eficácia e segurança do medicamento.

Quanto maior a eficácia, melhores serão os resultados. Por sua vez, uma medicação expirada pode não tratar adequadamente os problemas de saúde por causa da eficácia reduzida. Como consequência, o alívio inadequado da doença pode eventualmente levar a mais dias de baixa, ao aumento das ausências do trabalho / escola e à perda de produtividade no trabalho / escola.

A segurança é outro aspeto muito importante. Os medicamentos podem alterar as suas propriedades químicas e físicas quando expiram. Exemplo disso são comprimidos / medicamentos que se desintegram ou que até mudam de cor.

Um armazenamento adequado garante que a medicação permanecerá segura e eficaz até à data de validade. As condições de armazenamento específicas, por exemplo a necessidade de ser armazenado no frigorífico, são indicadas pelo fabricante ou pelo distribuidor nas embalagens e folhetos informativos do produto.

Um armazenamento inadequado - como por exemplo num ambiente quente e húmido - pode contribuir para a diminuição da eficácia dos medicamentos. Para a maioria dos medicamentos, um local fresco e seco garante as melhores condições de armazenamento. Quando armazenar o medicamento num armário de cozinha certifique-se de que ele esteja longe de aparelhos quentes e do forno!

Mantenha as tampas bem fechadas e sempre fora do alcance de crianças e de animais de estimação. Concluindo: é aconselhável descartar todos os medicamentos expirados. Para quê correr o risco?

O que fazer com medicamentos expirados

Verifique sempre as datas de validade escritas nas caixas e frascos e se os produtos tiverem expirado, consulte a farmácia local ou o consultório médico para verificar se eles têm recipientes para descartar os medicamentos. Não é recomendável despejar medicamentos não utilizados ou expirados na sanita, já que podem contaminar o sistema de água.

THORDIS BERGER
CMO - Chief Medical Officer - Portugal

Gostou deste artigo? Deixe-nos o seu comentário.

Partilhe com os seus amigos!


Categoria Tags