Melhore o seu sono

Descubra o tipo de atividades que ajudam a ter um sono mais calmo e profundo.

O sono está diretamente relacionado com a saúde e, consequentemente, com a qualidade de vida.

A qualidade do sono é influenciada por fatores como: o uso de medicamentos; ingestão alcoólica; alterações psicológicas e sociais; ambiente; a prática regular de atividade física; entre outros.

Os problemas relacionados com o distúrbio do sono têm vindo a crescer assustadoramente. Segundo Mello (2008), cerca de 20 a 40% da população mundial tem problemas relacionados ao sono, diminuindo a qualidade de vida.

Para o American Sleep Disorders Association (1991), o exercício leve a moderado pode ser considerado uma intervenção não-farmacológica para a melhoria do sono.
Um estudo publicado pela Sleep Medicine (2011), conclui que o exercício físico aeróbio contribuiu para melhorar a qualidade de sono em adultos com insónia (+1,25 hora/dia).

sono_texto

Quanto ao tipo de treino efetuado, um outro estudo publicado pela Internacional SportMed Journal (2011), concluiu que uma sessão matinal de exercício físico de treino aeróbio ou de resistência contribuem igualmente para a qualidade de sono em adultos, principalmente na noite seguinte à sessão.

Segundo Mello et al. (2008) e Souza e Nunes (2010), existem duas teorias que explicam os benefícios da prática do exercício físico na melhoria da qualidade do sono:

  • Teoria termorreguladora: o exercício físico, ao aumentar a temperatura do corpo, facilita o adormecimento já que estimula o hipotálamo a promover a dissipação de calor e a induzir o sono.
  • Teoria restauradora: a prática de exercício reduz a energia do sujeito, tendo o indivíduo necessidade de dormir para repor as suas energias que foram gastas.

É ainda importante ressalvar que a prática de exercício físico seja realizada de forma orientada através de programas estruturados e acompanhada por profissionais especializados para que o objetivo com que a mesma é prescrita seja alcançado.

Desta forma, fazer exercício físico surge novamente como um hábito saudável a ter em conta.

Recomendamos atividades aeróbicas tais como: corrida moderada, natação, spinning e activate. A isto junte também um momento de relaxamento nas nossas piscinas, saunas e banho turco.

João Brajal
Master Trainer Holmes Place Dolce Vita Tejo
Referências:
 American Sleep Disorders Association. The international classification of sleep disorders (diagnostic and coding manual). Kansas; DCSC, 1991;
 Buman, M., & King, A. (2010). Exercise as a Treatment to Enhance Sleep. American Journal of Lifestyle Medicine, 4 (6), 500-514;
 Kathryn J. Reid, Kelly Glazer Baron, Brandon Lu, Erik Naylor, Lisa Wolfe and Phyllis C. Zee, MD (2011). Aerobic exercise improves self-reported sleep and quality of life in older adults with insomnia. Sleep Med. Author manuscript; available in PMC 2011 October 1;
 Eliana Roveda, Chiara Sciolla, Angela Montaruli, Giovanna Calogiuri, Professor Alberto Angeli and Professor Franca Carandente (2011). Effects of endurance and strength acute exercise on night sleep quality. International SportMed Journal;
 Antunes, H., Andersen, M., Tufik, S., & Mello, M. (2008). Privação de Sono e Exercício Físico. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, 14 (1).

Gostou deste artigo? Deixe-nos o seu comentário e partilhe com os seus amigos.

Para mais informações

Contacte-nos

Categoria Tags