O que são os Hidratos de carbono e para que serve a sua contagem?

Conheça a relação entre os hidratos de carbono e a diabetes.

Os Hidratos de Carbono (HC) são um dos nutrientes fornecidos pelos alimentos tal como as proteínas, as gorduras, as fibras, vitaminas e minerais. Através da digestão, são transformados em glicose que é então absorvida para o sangue sendo o principal fornecedor de energia do nosso organismo.

Os alimentos ricos em HC são o açúcar, os cereais como arroz, trigo, milho, aveia e cevada, a batata, o feijão, grão, lentilhas, os frutos, o leite e todos os produtos que contenham estes alimentos.

A Diabetes é uma doença na qual ocorrem alterações da regulação dos níveis de glicose no sangue que tendem a ficar demasiado elevados. Para a regulação do nível de glicose e sua transformação em energia é necessário a atuação da insulina – uma hormona produzida pelo pâncreas. Na Diabetes de tipo 2 ocorrem erros na atuação da insulina que não consegue operar uma boa regulação da glicose. Na Diabetes tipo 1 ocorre uma falha total da produção de insulina sendo necessário a injeção de insulina para substituir a que seria produzida naturalmente.

hidratos de carbono_diabetes

Sendo os HC essenciais como fonte de energia para o ser humano e, dado que a sua regulação está alterada nas pessoas com Diabetes, a dieta tende a focar estes nutrientes com especial atenção. As recomendações alimentares para as pessoas com Diabetes têm vindo a evoluir no sentido de flexibilizar a ingestão alimentar, sempre contextualizada por um padrão alimentar e de atividade física saudáveis. As antigas proibições dão hoje lugar a planos alimentares individualizados em função da idade, fase de crescimento, atividade física, outras situações de doença tais como hipertensão, obesidade ou outras.

O método de contagem dos HC é uma das ferramentas de planeamento alimentar usado para o tratamento das pessoas com Diabetes, que foca este nutriente como como o principal fator que afeta o nível de glicose no sangue após as refeições. Neste método cada pessoa com Diabetes é treinada a fazer uma estimativa do teor de HC das suas refeições.

Este método não é novo mas tem vindo a ganhar relevo recentemente, ao ser aplicado nas pessoas com Diabetes tipo 1 conjuntamente com esquemas de insulina avançados ou no uso de bombas de administração de insulina. Nesses casos torna-se necessário fazer um estimativa da quantidade de HC da refeição para calcular a quantidade de insulina necessária para manter uma boa regulação do nível de glicose no sangue.

Embora com a vantagem da maior flexibilidade às refeições e melhor controlo da doença, a necessidade de cálculos a todas as refeições torna-se fastidiosa sendo uma das dificuldades apontadas por quem usa este método. Felizmente a tecnologia tem vindo a evoluir estando já disponíveis no mercado dispositivos que medem o nível de glicose no sangue e permitem a introdução da estimativa de HC de cada refeição efetuando os cálculos de insulina necessária. Estas soluções tecnológicas são importantes para melhorar a adesão à terapêutica e a qualidade de vida das pessoas com Diabetes.

nutricionista_diabetes

Para o sucesso desta metodologia é necessário o acesso a um ensino individualizado, progressivo e recorrente, proporcionado por uma equipa multidisciplinar com médicos, enfermeiros psicólogos e outros profissionais, onde o nutricionista é fundamental para o ensino da contagem de HC e o ajuste do plano alimentar individualizado de forma segura e eficaz.

Artigo made by Dra. Fátima Fonseca da roche logo

Gostou deste artigo? Deixe-nos o seu comentário.

Partilhe com os seus amigos!

Categoria Tags