Tem pouca flexibilidade? O Yoga também é para si!

Aprenda a desfrutar de uma aula de Yoga mesmo que, ainda, tenha pouca flexibilidade.

A flexibilidade é, em conjunto com a capacidade cardiorrespiratória, a força e a composição corporal, um dos quatro componentes de aptidão física relacionados com a saúde.

Na prática de Yoga também praticamos posições físicas que ajudam no ganho de flexibilidade. Com a prática regular conseguimos melhorar a nossa flexibilidade, mas sempre com consciência corporal e com a escolha das melhores opções para cada um.
Todos temos corpos diferentes e necessidades diferentes. Cabe ao aluno, com a ajuda do professor escolher e adaptar cada posição durante a prática de Yoga.

Para além de ganhos de flexibilidade, também alcançamos aumento de concentração, força, equilíbrio, libertação de cansaço, stress, e tensões físicas. Permitindo ao aluno tranquilizar a mente e equilibrar o seu sistema nervoso.

12 posições (ásanas) adequadas para quem tem pouca flexibilidade:

1ª Posição: ÁRVORE (Vrksana)

yoga_posição_árvore
Posição de equilíbrio que ajuda a desenvolver e manter o equilíbrio físico e mental. O equilíbrio é afetado pelo nosso estado emocional e, ao aprendermos a equilibrar o corpo, podemos aprender a acalmar a mente.

2ª Posição: GUERREIRO II (Virabhadrasana)

yoga_posição_guerreiro
Posição que tonifica e fortalece os músculos das coxas e fornece energia e força, corpo e mente.

3ª Posição: ÂNGULO ALARGADO (Parsvakonasana)

yoga_posição_ânguloalargado
A prática regular desta posição confere flexibilidade e força à coluna e às pernas e melhora a digestão, a respiração e a consciência do alinhamento corporal.

4ª Posição: COBRA (Bhujangasana)

yoga_posição_cobra
Ajuda a desenvolver a força e a flexibilidade da coluna dorsal, tonifica o sistema digestivo, urinário, nervoso e respiratório.

5ª Posição: CRIANÇA (Balasana)

yoga_posição_criança
A posição da criança alivia as costas e descansa a cabeça, o rosto e os olhos. Também confere flexibilidade aos tornozelos, joelhos e ancas.

6ª Posição: CAMELO (Ustrasana)

yoga_posição_camelo
Tonifica os músculos das coxas, do abdómen e das costas. Estimula a glândula da tiroide e favorece a respiração profunda.

7ª Posição: PINÇA (Paschmottanasana)

yoga_posição_pinça
Nesta posição desenvolvemos a flexibilidade da região lombar e das pernas. A chave para esta posição é paciência e prática.

8ª Posição: PONTE (Setu Bandhasana)

yoga_posição_ponte
A posição ajuda-nos a ganhar flexibilidade, força e consciência da forma como usamos os nossos músculos abdominais e região pélvica. Fortalece as pernas e ajuda o peito a expandir-se.

9ª Posição: MEIO-LOTÚS (Padmasana)

yoga_posição_meiolotus
A posição de meio-lotús exige flexibilidade nas ancas, mas, com a prática, trata-se de uma posição acessível à maioria das pessoas.

10ª Posição: TORÇÃO

yoga_posição_torçao
A posição de torção aumenta a flexibilidade da coluna e estimulam os órgãos internos, especialmente rins, estômago, o pâncreas e o baço. Ajuda também a desenvolver consciência na respiração.

11ª Posição: INVERSÃO NA PAREDE (Sarvangasana)

yoga_posição_inversãoparede
Esta posição promove o alongamento da região dorsal e cervical, com muitas das vantagens da inversão, tais como descansar o coração e melhorar a circulação e o fornecimento de sangue ao cérebro. Estimula a glândula tiroide e ajuda a aliviar a tensão e as insónias.

12ª Posição: PEIXE (Matsyasana)

yoga_posição_peixe
Fletir o tronco graciosamente para trás. Fortalece a coluna, o pescoço, o peito e o sistema respiratório. A posição ideal para contrariar a posição de Inversão na Parede (Sarvangasana).

Boas práticas!

Teresa Viana
Professora de Yoga

Gostou deste artigo? Deixe-nos o seu comentário.

Partilhe com os seus amigos!

Categoria Tags